Home » » Noites de self-service

Noites de self-service

Dizem que o verão faz subir a tensão sexual. Eu sinto isso todas as noite em que durmo. Apenas com um top, sem roupa interior, tenho sempre vontade de começar a brincar. A grande maioria das vezes as mãos percorrem meio corpo, mas não chegam à meta. Hoje nao resisti, nao quis resistir, nao conseguiria resistir. Lembrei-me de um video que vi, sobre técnicas de masturbação e tentei reproduzir as coisas que me ia lembrando, pela mesma ordem,  com a mesma exactidão. Comecei por me tocar em cima na roupa, no peito, fui tocando levezinho até sentir um certo arrepio, um sopro desconhecido/ imaginário, mas com certeza muito desejado. Neste instante, desejei brutalidade, sentia-me molhada. Tinha o pensamento à frente do que na realidade estava a acontecer, ainda não me tinha tocado, e já estava a sentir o efeito do meu desejo. 
Não hesitei, nem tinha porque fazê-lo, rapidamente entrei em acção, estava com desejo, queria que me puxassem o cabelo enquanto seria penetrada por trás, queria que me espancassem o rabo sem pena, queria ser usada e abusada pela pessoa que estava na minha mente. Tocava-me cada vez mais rápido. Tirei os dedos e lambi-os, estava saborosa, a excitação é tão saborosa. Não me vim, nao me queria vir. Quero guardar isto para ele. ele sabe..

No final sorri em voz alta, nao percebo porque as vezes deixo passar estes momentos :)

0 comentários:

Enviar um comentário

 
Support : Copyright © 2015. movie lucy - All Rights Reserved